Menu Inicial

Recados Rápidos

24/07/23 - 12:16h    
-

17/07/23 - 01:29h    
-

10/07/23 - 07:49h    
-

09/05/23 - 13:29h    
-

09/05/23 - 08:13h    
-


Nome/nick:
Recado:


 
Postado no dia 16/07/19 - 10:57h

Flag King
[44810]

First Six Founders




Tudo o que envolve o CT é intenso, pra mim.
.
Há alguns anos atrás eu comecei a formular uma ideia de um jogo novo. Esse jogo se chamaria, futuramente, de Rebecca's Escape. A história girava em torno das atividades de Rebecca Chambers em Raccoon City enquanto a cidade estava tomada por zumbis, pouco antes da esterilização. Era uma ideia genial que careceu de habilidade técnica para trazer este projeto à vida. Uma demo foi lançada e ficou nisso. Longe - muito longe - de mim sequer imaginar uma comparação hábil com o Kojima, criador de Metal Gear, porém, uma característica coexiste entre nós dois: Ou é perfeito, da forma que imaginei, ou não existe. E esse 'defeito' levou o Rebecca's Escape, que foi - talvez e sem falsa modéstia alguma - um dos projetos de romhacking mais audaciosos e comentados no mundo, lá pelos anos 2009 a 2012 e que elevou o nome do CT-STARS ao patamar mundial, a ser cancelado por falta de meios para executar o que havia sido planejado.
Mais ou menos como o Leon diz no início do RE4, "Six years had passed since that incident..."

Há cerca de 6 meses eu venho estudando a Unity Engine, uma engine de criação de games muito popular no mundo todo. A escolha desta engine se baseou na enorme comunidade existente, o que facilita muito o estudante a tirar suas dúvidas. E acredite, são muitas e quase infinitas.
Meu primeiro estudo foi criar um jogo 2D chamado "Eles Estiveram Aqui?" que aborda o tema extraterrestre e é baseado no lvro que virou série de TV "Eram os Deuses Astronatas?" de Erik Von Daniken. Logo que aprendi os primeiros passos minha mente fervilhou. Imaginava de que forma eu poderia trazer isso para o mundo de Resident Evil, que é minha grande paixão nos games. Após muitos testes, alguns fracassos e muita emoçaõ, criei meu primeiro cenário. Após isso, vieram as importações de personagens, movimentação, inimigos, barras de life, portas se abrindo, cenários em movimento, itens, chaves, munições, armas - neste momento meus dedos vibram freneticamente no teclado, rs - e tudo o que eu imagiava. A melhor parte? Tudo o que eu planejo pode existir e esta sensação é única!
Porém, ainda faltava um detalhe: "E o Rebecca's"?
A ideia cogitada inicialmente foi recriar o Resident Evil 3 em Unity [Obrigado, Rafa!], mas fazer um trabalho mosntruoso de Remake de RE3 para, então, utilizar ele como base para o Rebecca's me pareceu esforço demais para quem não tem esse tempo todo pra trabalhar nisso. Então a ideia de retomar o Rebecca's Way preencheu esta lacuna.
O Rebecca's Way é um projeto do CT que visa contar como a Rebecca chegou até a Mansão Spencer depois de se despedir de Billy Coen no final de Resident Evil Zero. Tentar explicar - de forma romântica, claro, já que o motivo real é que o início veio depois do fim -  o motivo pelo qual ela é uma novata inexperiente em Resident Evil e, 24h antes, era uma policial das melhores, que lutou heroicamente contra uma trama bem tecida e vários monstros da Umbrella em Resident Evil Zero.
Ela inicia em Rebecca's Way no exato ponto onde se despede do Billy para nunca mais o ver [será?]. Ela desce a montanha em direção àquela mansão misteriosa e magnífica que tinha avistado lá de cima, na floresta. Descer a montanha, passar por uma instalação da Umbrella abandonada, um parque da cidade que foi aparentemente inativado por contaminação do solo, uma floresta densa e ambientada, enfrentar monstros conhecidos, como babuínos, cérberus e zumbis e alguns novos, como minihunters e um tal de Midnight são somente algumas das encrencas que Rebecca terá pela frente para conseguir chegar até a Mansão Spencer.
Tudo está sendo muito bem planejado para que não agrida a história canônica do jogo, pelo que sabemos oficialmente até o momento. Também está sendo muito bem cuidada a parte visual. Nada está sendo criado do zero. Tudo está sendo reaproveitado de outros jogos da própria série, para que o ambiente seja o mais fiel e imersivo possível.
Eu não sei dizer quando será lançado. Não sei dizer nem ao menos SE será lançado. Mas me conhecendo como conheço, se este projeto chegar a ser lançado, será - no meu ponto de vista particular, é claro - um dos melhores títulos da série desde Resident Evil 3. Principalmente porque é um Resident Evil estilo raiz, feito por fãs, com ingredientes escolhidos a dedo não para gerar venda e sim para agradar aos fãs. Somente para isso: Agradar os fãs órfãos de Resident Evil clássico.
.
Sim... Tudo o que envolve o CT é intenso pra mim!
[364]       [48]
Flag King é membro deste site desde 22/03/2005 e faz parte do Grupo First Six Founders.

Postagem de resposta